Lady Di – Diana, a princesa do povo e a Moda.

2 Jul

Em outubro deste ano o diretor de cinema Oliver Hirshbiegel vai lançar o filme “Diana”, sobre a Princesa de Gales, a Princesa do Povo. A atriz Naomi Watts vai interpretar Lady Di, que morreu de forma trágica há 16 anos. Veja o primeiro teaser do filme aqui!

Histórias de princesas são, quase sempre, encantadoras. Quando uma plebeia vira princesa então, é como se o sonho de milhares de mulheres mundo afora fosse realizado. De plebeia a realeza e de princesa a ícone da moda, Diana Frances Spencer, a Princesa Diana, encantou o mundo nas décadas de 80 e 90 e até hoje é lembrada como símbolo de elegância e beleza.

Diana
Diana era de família nobre, a família Spencer, mas mesmo assim era considerada plebeia. Casou-se com o Príncipe Charles em julho de 1981 e seu casamento foi transmitido via satélite para aproximadamente 1 bilhão de pessoas no mundo todo, fora os 3.500 convidados da festa. A tímida Diana tornou-se naquele dia “Sua Alteza Real, a Princesa de Gales” e virou imediatamente a terceira mulher mais importante da monarquia inglesa, atrás apenas da Rainha Elisabeth II e da Rainha Mãe.

Seu vestido de noiva ganhou fama mundial e marcou uma época (vai dizer que os cortes de cabelo da Diana não são familiares? hehe). Criado pelos inlgeses David e Elizabeth Emanuel, o vestido bufante, feito em tafetá de seda, decorado com renda bordada à mão com lantejoulas e 10 mil pérolas (!!!) fez sucesso imediato. Era um verdadeiro vestido de princesa de contos de fadas! Ah, sua cauda tinha “apenas” 7,5 metros de comprimento…imagina só que loucura que deve ter sido entrada da futura princesa na Catedral de Saint Paul em Londres.

Diana
Já em seu casamento Diana virou uma celebridade mundial e a partir deste momento tudo o que ela fazia e usava começou a ser observado. Pudera, Diana tinha apenas 19 anos na época e além de jovem era bem bonita para os padrões ingleses rs.
Logo após o casamento Diana começou a cumprir agendas da realeza e a participar de muitos eventos sociais representando a família real. Naquela época, por fazer parte da família real britânica, Diana usava somente peças de estilistas ingleses para valorizar a cultura inglesa e sua economia. Dizem que ela adorava customizar suas roupas também para poder usá-las novamente com uma cara diferente (Será? Se bem que customizar para uma princesa deve ser ter um monte de costureiras à disposição, né? hehe)

A estilista preferida de Diana, Catherine Walker, foi responsável por inúmeros looks da princesa, como estes três looks da foto a seguir: Vestido bordado com saia rodada (que depois foi customizado e virou um vestido mais curto); O Vestido “Elvis”, todo bordado com pérolas e que recebeu este apelido da mídia por causa da gola levantada; Vestido Florido tomara-que-caia com laço na lateral e usado com gargantilha de pérolas, peça que Diana usou muitas vezes em vários looks. Para completar, nada como tiaras e coroas de princesa, né?! hehe

Looks Catherine Walker

Looks Catherine Walker

Victor Edelstein foi outro importante estilista inglês que ajudou na construção do ícone de moda que foi Lady Di. Um de seus vestidos, usado por Diana na Casa Branca em 1985, foi leiloado recentemente por R$719 mil. Trata-se do vestido preto de veludo e ombros caídos que Diana usou nos EUA e dançou com John Travolta em um baile da Casa Branca. Diana usou o vestido com uma gargantilha de brilhantes e sua tiara/coroa. Precisa mais?

Diana - John Travolta
Victor Edelstein também assinou outros looks da princesa como o vestido branco com pérola cheio de bordados e um bolero que ficou famoso por estampar a capa de um catálogo de leilão da Christie’s que foi promovido pela princesa. O look monocromático de um ombro só (Diana adorava looks monocromáticos!) também fez sucesso muito pelo improviso de Diana, que usou uma gargantilha de diamantes e esmeralda como tiara (Dizem que ela esqueceu sua coroa e teve que improvisar!!!).

Looks Victor Edelstein

Looks Victor Edelstein

Uma das marcas registradas de Diana eram seus tailleurs. Ela usava vários modelos de várias cores como o verde esmeralda que usou em uma visita à capital da Coréia do Sul e o modelo pink, que chamou muito a atenção do público em uma das primeiras aparições da princesa após o fim de seu casamento, já nos anos 90. Aliás, depois do seu divórcio, Diana começou a ser vista com looks mais curtos, sexies e de grifes internacionais como Christian Lacroix, Versace, Valentino, Chanel etc, mas a princesa nunca abandonou sua estilista preferida, Catherine Walker.

Diana com seus famosos Tailleurs e vestidos de Christian Lacroix, Versace e Catherine Walker

Diana com seus famosos Tailleurs e vestidos de Christian Lacroix, Versace e Catherine Walker

Assim como as mulheres da aristocracia inglesa, Diana também usou muitos chapéus, fitas e franjas, principalmente nos anos 80 e ainda casada. Acessórios aliás estavam sempre presentes nos looks da Princesa do Povo, apelido que ganhou por causa de seus trabalhos sociais por todo o mundo. Maxicolares e gargantilhas sempre davam um up do look, que no geral era sempre combinandinho (ela quase sempre usava sapatos e bolsas quase da mesma cor da roupa). Aliás, um hit dos anos 80 foi a bolsa quadrada bege que Diana sempre usava…virou um clássico!!!

Chapeus-laçarotes
Gargantilhas
Bolsa-quadrada
Outro look que marcou o mundo foi o simples conjunto de calça cáqui capri com camisa sem manga jeans que Diana usou durante visita à vítimas de minas terrestres na África. Este look marcou para sempre sua imagem como a Princesa do Povo. Simples, básico e elegante. (Ah! Reparem no teaser do filme que este look aparece!!!!)

diana África
Vale lembrar que estamos falando de tempos antes do boom da internet. Diana foi uma das primeiras celebridades a serem perseguidas por Paparazzi e teve sua intimidade exposta diversas vezes depois que se separou do Príncipe Charles. Era possível ver nas revistas de fofoca e de moda (principais fontes de informação de moda na época, junto com a TV e Cinema) Diana indo à academia, tomando sol, entrando e saindo de todos os lugares que ela ia. Muitos comentam que ela era uma pessoa triste, que seu olhar dizia tudo. Há quem diga que sua morte em 1997 num acidente de carro em Paris já era prevista e existem várias teorias da conspiração sobre este assunto. Até hoje Diana atrai atenção da mídia e dizem que seu nome é citado pelo menos 8 mil vezes por ano em tablóides britânicos (gente, será?)
Fato é que sua morte só contribuiu para a construção do mito que Diana se tornou, como sempre acontece com mortes trágicas de pessoas jovens, bonitas e promissoras. Estamos super curiosas para ver o filme “Diana”, e vocês? Acho que vão retratar o lado B de sua história…ai, estou curiosa!!

Por Fernanda Weber.

Badulakit  

2 Respostas to “Lady Di – Diana, a princesa do povo e a Moda.”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Brinco Lady Di | - 16 de Julho de 2013

    […] realmente marcaram época e chamaram muito a atenção, assim como o vestido e todo o evento (aliás, falei sobre A Princesa Diana e a Moda recentemente aqui no blog, corre lá!). Porém os brincos não são os brincos em questão, então fiquei pensando então: Que evento, […]

  2. Lançamentos Badulakit! Verão 2014 | - 6 de Novembro de 2013

    […] forma de coração ♡. Hum, o que mais?  Um novo modelo de brinco geométrico, um colar poderoso inspirado na Princesa Diana, um anel de madeira feito à mão com motivo geométrico e uma pulseirona que mistura metal com […]

Deixe seu comentário ;)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: