Camisa Branca

18 Jul

Oi meninas,

Hoje vou falar de uma peça de roupa que se você ainda não tem em seu armário TEM QUE TER!!! A camisa branca, clássica, elegante, versátil e “pau-pra-toda–obra”hahahaha.
Bom essa peça de vestuário teve origem no armário masculino e era usada apenas como peça de baixo,era como um camisolão sabe?Para proteger do frio e dos tecidos pesados e mais rústicos, na maior parte das vezes ela tinha um cordão no lugar dos botões na parte da frente que fechava a peça na parte de cima frontal próximo ao pescoço. No final do século XVIII George Brummell,grande expoente de estilo que circulava pela corte inglesa chegando até mesmo a rivalizar com o brilho dos nobres tal sua influência sobre a elegância e a vida social da época, foi um dos primeiros a levar a camisa branca ao posto principal do vestuário,colocando-a para fora do traje sob casacos  com golas e punhos á mostra.Á partir deste momento os homem aderiram naturalmente o uso da peça que passa a ser mais valorizada.

Brummell

Brummell

No século XIX, o que mais lembrava no vestuário feminino as camisas, eram os chemises, que eram longas camisolas usadas por debaixo dos vestidos e que poderia ou não deixar suas golas á mostra. Era uma camisola comprida, em geral feita de algodão com adornos em delicadas rendas. Em 1880, com a invenção do “tailleur” a camisa branca passou a ser parte integrante do vestuário das mulheres que precisavam trabalhar, tais como governantas,balconistas e datilógrafas; conferindo-lhes um estilo elegante e ainda assim funcional para o trabalho.

fdesnho séc XIX

No início do século XX as americanas, que eram mais abertas e menos formais que as europeias, adotaram a peça usando-a juntamente com saias rodadas em trajes mais esportes, dando assim uma maior emancipação ao vestuário feminino. Porém foi Coco Chanel que trouxe definitivamente a camisa branca para o auge da moda e colocou-a como um clássico atemporal no vestuário.Nos anos de guerra, Chanel percebeu que um vestuário simples e clean (inspirado no masculino) era muito mais prático e funcional para as mulheres além de deixa-las elegantes na medida certa.A peça tornou-se a marca registrada das mulheres no novo modo de se vestir.

chanel de terninho

No pós-guerra, as mulheres adotaram um estilo mais andrógeno,ou “a lá garçonne” incorporando muitos elementos masculinos ao seu estilo como terno e gravata (um ícone da época foi o ousado figurino masculino da diva de Hollywood Marlene Dietrich). Esta forma de se vestir mostrava a emancipação  das mulheres e sua entrada definitiva no mercado de trabalho.Estrelas do cinema como Marlene e Katherine Hepburn que roubavam do vestuário masculino peças com muita propriedade eram grandes influenciadoras da moda em geral.

marlene-dietrich

Á partir de então a camisa branca estava totalmente incorporada ao vestuário feminino, variando do clássico ao moderno sem perder em elegância. Nos anos 60 foi mais colegial com mangas bufantes, nervuras e enfeites, nos 70 as camisas voltaram a ter linhas simples e eram usadas sob coletes ou pulôveres, nos anos 80 ganharam ombreiras e voltam com força para o mercado de trabalho quando as mulheres abriram seu espaço e lutaram de cabeça á cabeça com os homens, nos anos 90 Marc Jacobs desenvolve versões modernas da peça que valorizavam a feminilidade e nos anos 2000 temos inúmeras versões da peça indo do clássico á saída de praia, democratizando definitivamente a camisa.

montagem camisa

Aqui para nós a camisa branca além de atemporal é um clássico que nunca sai de moda, é um ícone que todas devem ter no armário, pois além de estar associada á história de liberdade de vestuário feminino e sua emancipação, ela nos acompanha em nossa história pessoal com conforto,versatilidade e beleza ;)

Beijoos e até semana que vem.

Por Haldry Martarelli

Badulakit  

2 Respostas to “Camisa Branca”

Trackbacks/Pingbacks

  1. 5 Peças clássicas que não podem faltar no seu armário | - 29 de Agosto de 2013

    […] – Camisa Branca: Já falei sobre ela neste post aqui  e indiscutivelmente ela complete com maestria qualquer look. Roubada do armário masculino, a […]

  2. Vestuário masculino no verão + História da gravata | - 20 de Fevereiro de 2014

    […] no século XIX George Brummell (falei um pouco dele num post antigo sobre a camisa branca, aqui!) começou com uma linha de trajes mais sóbrios para os homens ,instituindo assim o estilo dândi […]

Deixe seu comentário ;)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: