Eu Amo Badulaques por Haldry Martarelli

21 Nov

Oi meninas!

Acho que vocês já entraram no site e viram quantas coisinhas liiindas tem por lá não é mesmo?Nesse fim de ano a Badulakit! veio cheia de novidades para nós que amamos badulaques, além das peças de acessórios tem pecinhas de decoração e presentes que tenho certeza que você assim como eu AM-A.

Eu  para falar bem a verdade não consigo nem lembrar desde quando eu amo badulaques, acho que minha relação com eles vem desde a barriga da minha mãe.

Sou a única filha mulher entre 3 homens, imaginem só se minha mãe (que tinha loucura para ter 2 meninas) não me criou como uma princesinha?hahaha

Para vocês terem uma ideia minha orelha foi furada com 3 dias de vida e de cara já ganhei um brinquinho vermelho com um pequeno pingente da minha madrinha (que também amaaa qualquer tipo de penduricalho), daí para frente a cada aniversário ou ocasião especial eu ganhava uma pulseira ou uma correntinha, acho que em todas as minhas fotos (todas mesmo desde bebezinho) eu estou usando algum acessório por menor que ele seja.Uma das coisas engraçadas que minha mãe conta é que eu era um bebê desses bem carecas ,sabe?Meus cabelos demoraram muiiito para crescer e no meu aniversário de 1 aninho minha mãe e minhas tias estavam loucas para me enfeitar toda, a solução foi colocar um lacinho com um pinguinho de cola na minha careca ( ! ) e olha que deu certo, ele tá lá firme e forte durante toda a comemoração

foto 2

Minha adoração por “tranqueiras”, como diz meus irmãos eu sou tranqueirenta, nunca diminuiu eu sempre adorei lojinhas de “presentes’ ,papelarias e qualquer lugar onde você pode comprar uma coisinha fofa.Tinha uma loja perto da minha casa que se chamava Bazar Kokeshi, naquela época que era lá pelos anos 80, não tinha muita coisa “importada”aqui pelo Brasil, e a dona do bazar que era descendente de japoneses trazia coisas de fora e acabou ficando amiga da família de tanto que nós (eu,minha mãe ,minhas primas e tias) íamos lá fazer comprinhas, a gente tinha até um caderninho que ia marcando para pagar depois,já que não havia cartão.O engraçado é que as bijouterias daquela lojinha eram tão boas, que até hoje tenho algumas pecinhas que acabei herdando e que seguem comigo quase como uma joia de tanto amor que peguei.

Aos pouquinhos fui construindo minha coleção, e o meu quarto sempre acabou sendo o paraíso das amigas sabe?Aquele lugar que tem de tudo, onde você encontra sempre uma coisinha ou outra para pegar emprestado em uma ocasião especial.

Aos pouquinhos fui me descobrindo, tinha dias que não aguentava mais brincar de polícia e ladrão ou jogar bola com meus irmãos, eu me trancava no quarto e uma das minhas brincadeiras prediletas lá sozinha era imaginar que tinha uma loja, meus guarda roupas eram as araras e minhas clientes imaginárias compravam horrores que eu separava em pilhas em cima da cama.Quando me encontrava com minhas primas eu sempre propunha a mesma brincadeira, organizava um desfile, íamos no quarto das minhas tias e fazíamos uma bagunça, nos vestíamos com as roupas delas e desfilávamos para o pessoal na cozinha durante o jantar (devo dizer que a plateia era grande, afinal minha família é enorme e como boa família de italianos a gente sempre se reuniu na cozinha comendo muito) no final eram aplausos na certa hahaha. Nas festinhas em casa, eu e minhas primas sempre organizávamos uma peça para apresentar, acreditam que eu tinha uma sacola de fantasias que andava comigo para todos os lugares?Sempre tirava de lá algum adereço que servia exatamente para o papel que as pessoas iam interpretar, meu pai acabou até montando um palquinho para mim na garagem.

Alguns anos depois dei trabalho para o Papai Noel, ao invés de pedir algum brinquedo ou boneca, pedi uma coleção nova de roupas e sapatos para a Barbie, imagina como minha mãe e minha madrinha ficaram loucas atrás disso, naquela época as Barbies eram simples e vinham com uma roupa só , não tinha muita coisa, sei que no final elas encontraram alguns modelos e pediram para uma costureira amiga fazer alguns outros, quando abri o pacote e vi aquele monte de roupinhas e acessórios quase surtei de alegria.

Até os 11 anos eu ainda me vestia conforme minha mãe queria, sempre opinava, querendo uma bolsa, ou um penteado diferente, mas quando fiz 12 anos e me achei “adolescente”resolvi que não queria ser mais princesa e comecei a me vestir como meus irmãos, com camisetas escuras de lojas de surf e skate, tênis e calça jeans, mas mesmo aí nesta fase mais rebelde os acessórios nunca me deixaram, eu era louca por bandanas e sempre usava elas amarradas nos cabelos, pulsos ou tornozelo.

foto 1

O tempo passou e cursei faculdade (eu tenho uma amiga que na época da faculdade sempre ia comigo á feirinhas para comprarmos brincos, quanto maior melhor era nosso lema), acabei me formando em publicidade e trabalhei tão pouco tempo foi possível na área pois já sabia lá no fundo do coração que meu desejo era outro, daí para me jogar no mundo e buscar emprego em moda foi um empurrãozinho.Não tinha jeito,era o que eu sempre quis fazer, já tive lojas (de acessórios inclusive),já trabalhei com estilistas e em fábricas têxteis e nunca, nunca deixei o hábito de fuçar lojinhas, brechós, bazares a fim de encontrar um acessório legal, seja para usar ou seja para decorar ou enfeitar a minha vida.

Os acessórios definitivamente fazem parte da mim desde sempre .

Espero que vocês tenham gostado de saber um pouquinho dessa minha história de paixão por badulaques.Que tal contar pra gente um pouco da história de vocês também? Vamos adorar!

Não deixem de ver a coleção nova no site, tenho certeza que assim como eu vocês também vão se apaixonar!

Beijos e até semana que vem.

Badulakit  

Deixe seu comentário ;)

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: